sábado, 13 de dezembro de 2003

Declaração de Extensões (que é como quem diz, tensões que já passaram)

Alto lá, cambada. Mas quem é este gajo que está pr’aqui armado em bem falante, com palavras caras? O quê? Tuguinho? Mas que nome mais foleiro. Ah, ele não vos disse que além das KRONIKAS dele também ia haver KRONIKETAS? Pois é. Vejam lá que ele até se esqueceu de dizer, na sua (dele) declaração de intenções, que as Krónikas Tugas vão ser uma lança apontada, sim, mas às lacunas culturais e linguísticas desta malta: às lacunas das mães, às lacunas das primas, às lacunas das tias. Se bem que, nisto da língua, cada um faz o que quer com ela...
E já agora: já repararam naqueles irritantes textos que passam em rodapé nos telejornais? É cada “tuguice” que até dói. Alguém disse, uma vez, que as entrevistas feitas aos cantores de rock eram artigos escritos por pessoas que não sabem escrever, com pessoas que não sabem falar, para pessoas que não sabem ler. Vendo estes pontapés na gramática, dá vontade de perguntar onde é que este pessoal aprendeu a escrever. Ou melhor: será que aprendeu?

Do vosso mui nobre e sempre leal

Kroniketas, sempre kontra as tretas