segunda-feira, 31 de outubro de 2005

Serviço de vinhos

No próximo fim-de-semana as Krónikas Tugas vão deslocar-se, pelo 3º ano consecutivo, ao “Encontro com o vinho e sabores”, na Feira das Indústrias (antiga FIL), que decorre durante os dias 5 e 6 de Novembro.
É organizado pela Revista de Vinhos e é uma grande oportunidade para os enófilos provarem vinhos de todo o país e alguns do estrangeiro, conversar com os representantes das empresas produtoras e às vezes até com os próprios enólogos. Lá podemos descobrir algumas pomadas que não se vêem por aí todos os dias.
Dou dois exemplos.
Há 2 anos provámos lá, ainda sem rótulo, uma recente produção da Casa Ferrerinha (Sogrape) de nome Quinta da Leda. O meu comentário, que costumo dizer “ainda não bebi um vinho da Sogrape que não fosse bom”, foi este: “foi o melhor vinho da Sogrape que já provei”. Depois disto, vimo-nos compelidos a abrir os cordões à bolsa e comprar uma garrafa do dito Quinta da Leda assim que o vimos no mercado. Este ano duplicámos a dose: comprámos 2 garrafas na Feira de Vinhos da Makro, que decorre ainda até 15 de Novembro. É caro (17 €) mas é um néctar dos deuses.
O ano passado provámos o Dão Quinta dos Carvalhais, Touriga Nacional, também da Sogrape (para variar), e lá tivemos de acrescentar mais um vinho excepcional à nossa lista.
Para os apreciadores de vinho e para os que não são mas querem ser, é um evento a não perder sob pretexto nenhum. Até há uns petiscos para atenuar o efeito da bebida...

Kroniketas, enófilo amador

PS: entretanto convém lembrar que ainda decorre, até domingo, o Festival de Gastronomia de Santarém.