quinta-feira, 7 de outubro de 2004

Obrigado pela novidade

Então agora é oficial? Não havia armas de destruição maciça no Iraque? E quem é que não sabia disso? Afinal, quem é que tinha razão? Seriam aqueles que puseram em causa a legitimidade da guerra e foram apelidados de anti-americanos ou acusados de fazer o jogo dos terroristas? Onde está o mundo mais seguro que nos prometeram?
O que terão a dizer sobre isto os irredutíveis defensores da guerra com o pretexto das armas?

Kroniketas, sempre kontra as tretas