domingo, 17 de outubro de 2004

De que lado estou eu?

Claro, isto é como a história da garrafa: para o ministro está meio-cheia; para o contribuinte está meio-vazia.

Kroniketas, sempre kontra as tretas