domingo, 10 de outubro de 2004

O Maratonista - Jornal de Notícias Discretas (III)

Marcelo – A Fuga Planeada!
Investigação d’O Maratonista descobre a verdade
Jornalistas deste aperiódico, em missão especial e ultra-secreta, conseguiram apurar as verdadeiras causas da saída de Marcelo Rebelo de Sousa das funções de comentador na TVI. As provas descobertas ilibam completamente o ministro dos assuntos parlamentares, que se limitou a ser o estúpido de serviço, não tendo nada a ver com o abandono do tribuno.
O equívoco da conversa ao fim da tarde
Com risco da própria vida, o jornalista investigador Arménio Cacha obteve a gravação da câmara de segurança do local onde decorreu a conversa entre Paes do Amaral e Marcelo. Revelou o conteúdo dessa gravação que não houve acto de censura, antes existiu uma novel proposta de colaboração noutro programa da TVI. Esta proposta foi aceite por Rebelo de Sousa, mas foi-lhe exigido sigilo até a sua participação se concretizar, o que explica o mutismo do comentarista.
A proposta de Paes do Amaral
O professor será o substituto de Avelino Ferreira Torres na Quinta das Celebridades, quando este terminar as férias que tão estranhamente utilizou para a sua participação neste programa de puro voyeurismo.
Assim, a pressão que existiu foi para o professor aceitar a proposta de transferência – ao fim de 50 minutos de conversa, o administrador da Media Capital conseguiu convencê-lo de que as suas charlas ganhariam outra dimensão se, enquanto falasse, estivesse a afagar o dorso da porca residente ou a mungir uma das vacas da quinta.
Dado o melindre da situação foi pedido a Marcelo que não revelasse as razões da sua saída.
Tudo está bem quando acaba bem
Sabe-se que, neste momento, o professor com raízes em Celorico de Basto mas citadino impenitente, está nesta mesma localidade a frequentar uma espécie de curso prático das lides do campo nas áreas da pecuária, agricultura e controlo de pragas, esta última especialmente útil tendo em conta os colegas que vai ter.
Conseguimos falar “off the record” com um dos monitores deste curso, que nos confidenciou que o professor já mungia benzito e que se entendia bem com a enxada, mas não podia com as galinhas. Esta afirmação deixa entrever possíveis conflitos com Ana Lucas e Cinha Jardim quando todos estiverem na quinta, não se sabendo se tal situação poderá causar problemas com Santana Lopes, podendo levar mesmo este a exercer pressões sobre a administração da TVI para a saída de Marcelo do programa.
À hora desta edição prosseguia em São Bento uma busca afanosa pela inteligência do ministro dos assuntos parlamentares, receando-se no entanto que venha a ser encontrada já morta e em decomposição.

Mateus Bichoso, repórter horroroso