quarta-feira, 14 de julho de 2004

Durão Barroso em francês

Ontem vi na televisão o ex-primeiro-ministro a responder a algumas perguntas na comissão europeia em francês. E gostei. Gostei da pronúncia e do desembaraço.

Independentemente do resto, se há coisa em que os nossos políticos não nos deixam ficar mal (Mário Soares à parte) é na expressão de outras línguas. Já tinha visto Jorge Sampaio e António Guterres também a falar inglês e francês e, pelo menos a esse nível, não nos envergonhamos.

Kroniketas, sempre kontra as tretas