sexta-feira, 12 de janeiro de 2007

Mensagem ao provedor do telespectador da RTP

Eis o teor da mensagem que enviei para o provedor do telespectador:

«Quero apresentar aqui um protesto pelo modo como a Sra. Judite de Sousa conduz as entrevistas com certos convidados. Para além do desagradável que é ouvi-la adulterar a língua portuguesa com tiques de dicção insuportáveis, a roçar o pedantismo (“como é que descobriu o HUMÔDE?” ou “o que é que diziam os colegas e PROFESSODES?”), sempre que o convidado tem alguma ligação ao Benfica a Sra. parece que perde a cabeça. Há alguns meses entrevistou Luís Filipe Vieira e viu-se a animosidade que a movia em toda a entrevista. Ontem foi Ricardo Araújo Pereira, ao qual, a certa altura, teve a distinta lata de perguntar se no Gato Fedorento não satiriza o Benfica “por causa do seu benfiquismo doentio”. Ora é sabido que essa Sra. é portista, e até escreve no jornal Record nessa condição, portanto só posso concluir que doentio é o seu portismo, que a desclassifica completamente para entrevistar seja quem for que esteja ligado ao Benfica. Gostaria se saber se ela pensa o mesmo do portismo do Miguel Sousa Tavares, do Carlos Magno, do Rui Reininho ou do Manuel Serrão.
Posto isto, acho que deveria ser ela própria a renunciar a entrevistar benfiquistas, pois revela uma total falta de isenção e capacidade para o fazer sem trazer à superfície o seu “portismo doentio”.

Cumprimentos»

Kroniketas, sempre kontra as tretas