sexta-feira, 21 de janeiro de 2005

E não há ninguém que os cale?

Como é que se consegue fazer uma acusação a um adversário político que se é obrigado a desmentir horas depois? Conclui-se que o nível de (in)competência dos capachos que servem o chefe é idêntico ao dessa mesma chefia - que raio de fonte lhes dá informação errada sobre uma nomeação que eles próprios fizeram? Que confiança se pode ter nestas pessoas, que nem caluniar outrém conseguem? É o descalabro completo...
Se fossem homenzinhos pediam desculpas publicamente, sem justificações esfarrapadas de confusões com nomes - muito mal amanhadita, porque nem sequer revelaram que nome foi confundido com o anunciado, e esse era o cerne da questão: uma nomeação já feita após a vitória do PSD nas anteriores eleições legislativas! Afinal, quem foi nomeado por Sócrates nestas condições? Ficámos sem saber.
Mais do que a obsessão com o défice financeiro, as cabecinhas do PSD deviam estar preocupadas com o défice de inteligência que por ali grassa. Mas a verdade é que nunca vi nenhum tolinho de aldeia preocupado com as suas próprias tolices...

tuguinho, cínico competente