terça-feira, 14 de março de 2006

A roubalheira







Não, não vou falar de árbitros nem de penalties assinalados ou não assinalados em jogos de futebol (por acaso, parece que este fim-de-semana ficou por marcar um a favor do Benfica e outro contra o Sporting, o que vem subverter a teoria do “colo”, mas isso é outra conversa), mas dum ódio de estimação que tenho.
Recebi a factura do telefone da Portugal Telecom (1ª imagem), e todos os meses quando chega dou asas à minha indignação pela roubalheira de que sou alvo (e com a qual eu e muitos milhares de pessoas somos quase obrigados a pactuar). A minha conta de telefone no mês passado foi de 23,52 €, sendo que desse valor:

- 12,660 € são da famigerada assinatura;
- 0,500 € são da tomada;
- 4,08 € são de IVA;
- apenas 10,340 € são de comunicações.

Está aqui descontado um valor de 4,059 €, que passarei a explicar mais abaixo.
O que salta desde logo à vista é que estou a pagar mais (e há muitos meses que é assim) de assinatura e taxas do que de chamadas, ou seja, para 10 € de chamadas pago 14 de taxas.
Os 4,059 € descontados na factura correspondem ao reembolso de 107,44 € da activação de chamadas (outra roubalheira) que resultaram do acordo com a Deco (2ª imagem). Fui um dos felizardos que tinha as facturas guardadas, apesar de entretanto ter mudado de casa. Mas o mais interessante é que desde que o “reembolso” que era suposto ser creditado na factura começou (vejam a data de Outubro de 2004 na 2ª imagem) já passou mais de um ano e ainda tenho um crédito de 21,870 € (3ª imagem), porque a PT generosamente todos os meses me desconta 2, 3 ou 4 euros na factura. Ou seja, há mais de um ano que estou a pagar um valor superior àquele que me é descontado, apesar de ter um crédito que dava para estar 4 ou 5 meses sem pagar um chavo à PT. É mais uma manobra de aldrabice destes senhores.
Para finalizar, todos os meses vem um folheto junto à factura a publicitar os grandes “descontos” que a PT propõe (4ª imagem). Este é mais uma falácia, que devia ser denunciada como publicidade enganosa. Estes senhores propõem-nos falar sem nos preocuparmos com o que falamos, desde que paguemos à PT mais 14,60 € em cima das alcavalas que já nos sacam todos os meses. Aldrabões!
Como se isto não bastasse, nos acessos à Internet os tarifários da PT (NetCabo ou Sapo ADSL) são claramente mais caros que todos os outros. E são estes tipos que de vez em quando nos telefonam para casa a propor novos serviços! Eu fico espantado quando vejo as pessoas aderir de cabeça ao Sapo ADSL. Será que não tentaram saber os preços do Clix ou do Oni? É que pela mesma velocidade de acesso paga-se 12 ou 13 euros a menos! E se for o serviço de Internet+telefone as diferenças vão desde os 20 até aos 40 euros! O problema é que a PT continua a ser dona das linhas e esmaga a concorrência com os seus abusos de posição dominante.
Aguardo ansiosamente pelo resultado da OPA da Sonae sobre a PT, e oxalá que Belmiro de Azevedo tenha sucesso na operação. Quando Miguel Horta e Costa diz que se corre o risco de desmantelar o grupo PT, eu só penso: pior não ficávamos de certeza. Que bom que era para todos vermo-nos livres destes gatunos!

Kroniketas, sempre kontra as tretas