sábado, 16 de dezembro de 2006

O aviltamento da língua portuguesa (VI)


Esta só vista. Na nova colecção de DVD’s dos filmes de 007, recentemente reeditada na totalidade, surgiu esta pérola na capa de um deles: “Ao serviço de Sua Magestade”. Leram bem MAGESTADE com G. A burrice é tal que nem sequer souberam olhar para o original, podia ser que “Majesty” lhes desse alguma ideia de como é que a palavra se escreve. E pelos vistos também não conhecem os correctores ortográficos.
Se ver erros de palmatória nas legendas já era mau, é bem pior quando eles passam para o próprio título do filme. Onde é que isto irá parar? E já agora: quem é que deixa estas coisas virem cá para fora assim?

Kroniketas, sempre kontra as tretas