sexta-feira, 1 de julho de 2005

E não é que ele tem razão?

Ainda sobre o mesmo tema, remeto os prezados leitores (se é que os temos…) para dois artigos do Ferreira Fernandes no “Correio da manhã”: um sobre o famigerado arrastão dos “pretos” e o papel da polícia no mesmo, o outro sobre a manifestação dos “brancos” na sequência do dito arrastão.
Pois é, o homem até tem razão naquilo que diz. E, sobretudo, não tem medo das palavras e de chamar as coisas pelos nomes.

Kroniketas, sempre kontra as tretas