quarta-feira, 2 de março de 2005

A lavagem ao cérebro

As declarações de José Couceiro no final do F. C. Porto-Benfica mostram que, em pouco tempo, já apreendeu os métodos da casa e, mesmo sem ainda ter demonstrado nada e só tendo ganho dois jogos, já começou a cagar de alto e a absorver a postura arrogante que é apanágio daquele clube.
É assim, quando chegam ao Porto não resistem às lavagens ao cérebro…

Kroniketas, sempre kontra as tretas

PS: Desta vez a “velha raposa” até acertou na táctica e não se confirmaram as minhas piores expectativas para este jogo.