domingo, 1 de agosto de 2004

Krónikas a Banhos (1) - Agarra o Verão, Tóino!

Eis-nos chegados àquela altura do ano em que geralmente vamos cirandar para fora do ninho habitual. O Kroniketas deixou-nos pelos Algarves, eu lá irei ter daqui a uma semana, mais ou menos. Entretanto há que manter a casa aberta e os clientes satisfeitos.
Os assuntos tornam-se esparsos: o Santana ainda não fez mais nenhuma, os incêndios apagaram-se e o Ferro Rodrigues já não é secretário geral do P.S...
Resta aparecer com alguma ideia iluminada para atrair a atenção como, por exemplo, usar os submarinos do portas para combater os incêndios no interior em profundidade, ou propor o Major Alvega para conduzir o P.S. nas eleições. Um herói de guerra cai sempre bem.
Assim algo que nos ice desta 3ª divisão bloguística e nos guinde mais alto. Estou a brincar! Não me digam que acreditaram!
Eu próprio já estou apanhado pela silly season e este blog também, por isso não estranhem se aparecerem histórias estranhas por aqui.
"...e dona Caquética, em eloquentes monossílabos, contou-nos detalhadamente como o extraterrestre a tinha violado repetidas vezes e sem remorsos. A descrição do meliante coincidia com o standard verde e de olhos rasgados, tantas vezes referido por outros envolvidos em encontros imediatos do 3º grau.
Esta história extraordinária caiu por terra quando a GNR deteve, no dia seguinte ao da entrevista, um emigrante russo de origem asiática ainda com restos da tinta verde com que tinha pintado a moradia do Casal Silva. Repetia convulsivamente que não se lembrava de nada do que fizera depois de uma velhinha o obrigar a beber, sob ameaça de um velho trabuco, três garrafas de vodka barato. Sabiá á moufuô, declarou. Não conseguimos ainda esclarecer se era o vodka ou a velhinha..."
Kroniketas, mantém a água quente!!

tuguinho, cínico encalorado