quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Assim é bonito


O Sporting perdeu em casa com o Manchester United, e o marcador do único golo foi o Cristiano Ronaldo, uma das pérolas nascidas em Alvalade e por muitos já considerado o melhor jogador do mundo.
Mas Ronaldo desta vez comportou-se como um homenzinho. Não festejou o golo, fez uma vénia ao público e quase que pediu desculpa por ter marcado.
Nestes tempos de profissionalismo exacerbado em que se fala de milhões como se fossem gotas de água, sabe bem a um adepto de futebol que dá valor ao amor à camisola ver um jogador respeitar o clube de onde saiu quando tem de o defrontar. Agora ele está do outro lado, mas o seu gesto mostra que cresceu e respeita o público que antes o idolatrava. E o público correspondeu com aplausos. É bem melhor do que atitudes como a dum certo Fernando Mendes que uma vez no Estádio da Luz virou-se para a bancada e chamou filhos da puta aos benfiquistas, depois de lá ter jogado.
Assim é bonito, ainda vale a pena ver o futebol com algum romantismo.

Kroniketas, sempre kontra as tretas