terça-feira, 20 de junho de 2006

Business as usual

Segundo a Agência financeira, as liquidações de IRS estão atrasadas. Mais, desde 2002 que o fisco não respeita os prazos de liquidações previstos na lei.
É o costume. Se for o contribuinte a atrasar-se aplicam-lhe logo uma multa e juros de mora, mandam cartas para casa a ameaçar com execuções fiscais e penhoras. Em 2004 enganei-me em 20 euros numa declaração do IVA. Por causa disso andei dois anos a receber cartas de coimas, ameaçaram penhorar-me a casa (!!!), paguei mais de 300 euros de multa (por causa de 20, vejam bem!) e o ano passado recebi o reembolso em… Outubro. Juros compensatórios? ZERO!
Como se não bastasse, já depois de ter pago a famigerada coima, ainda não me queriam passar uma declaração em como não devia nada porque havia um erro no sistema e tinham-se esquecido de cobrar uma porcaria duma taxa qualquer de mais meia-dúzia de euros. Como tive oportunidade de dizer na cara a uns zelosos funcionários, só falta irem a casa apontar-nos uma pistola à cabeça e dizer “passa pra cá a massa”. Mas para nos devolverem aquilo que é nosso e que nos sonegam compulsivamente, não há pressa…

Kroniketas, sempre kontra as tretas