terça-feira, 3 de maio de 2005

O pior é o que vem depois

Pois pois, mas o pior é que este presidente já não vai poder marcar o referendo, e o próximo marcará ou não...

Kroniketas, sempre kontra as tretas