quinta-feira, 12 de maio de 2005

Não passou tudo de uma grande confusão

Nobre Guedes, exemplar urbano por excelência, confundiu a Arrábida com Benavente e causou inadvertidamente toda esta confusão arborícola. Um Pinheiro falou-lhe de sobreiros que tinham de ser arrancados para colocar relva de interesse público num empreendimento privado e isso confundiria qualquer um! Até o da Agricultura se confundiu e também concordou!!
Vá, desfaçam lá os enganos e mandem os senhores em paz, que eles têm mais que fazer do que passarem o tempo em tribunais a aturar-vos.
É por estas e por outras que este país não avança (ver nossas sugestões em posts anteriores)!

tuguinho, cínico de interesse público