domingo, 27 de fevereiro de 2005

A Seca



Era o que temíamos! Este longo período de míngua ameaça estender-se e deixar-nos secos. É a seca! Melhor, é uma seca. Esta última semana tem sido um autêntico desespero para arranjar assunto para escrever. Por favor, senhor Presidente da República Portuguesa, acelere o processo de constituição do governo! Nós sabemos que não vai ser a mesma coisa, mas sempre haverá um ou outro assuntozito que permita aos escribas deste blog o exercício da nobre ocupação de escrevinhadores. Agora este deserto, sem ministros a demitirem-se, sem membros do governo a contradizerem-se, sem nossas senhoras a protegerem-nos contra o crude, enfim, este deserto de trapalhadas está a matar-nos. Já não estávamos habituados. Era uma “silly season” a durar todo o ano, um maná sem fim que nos propiciava motivos de escrita em catadupa.
Vão ser tempos difíceis estes em que teremos de puxar pela cabeça para arranjar motivo para escrever neste pasquim internético… Mas como dizia o outro, a vida continua. Ou era a luta? Whatever!
Sempre a considerá-los

tuguinho, cínico ansioso