quarta-feira, 11 de julho de 2007

O Maratonista - Jornal de Notícias Discretas (VII)

A guerra ao efeito de estufa


O maior contribuinte para o efeito de estufa em plena prevaricação

Um meliante foi detido ontem à saída do tasco do Zé das Iscas em dia de feijoada como prato do dia. O referido indivíduo, depois de se alambazar com a dita feijoada, aliviava-se alarvemente do produto da sua fermentação à esquina da Travessa do Conde de Alarvão com o Beco da Cardina, contribuindo de forma irresponsável para o efeito de estufa e as consequentes alterações climáticas.
Quando instado pelas autoridades ainda se tentou desculpar, dizendo que o que estava a fazer era um acto Carbono Zero, mas acontece que o metano, constituinte principal das bufas bem tiradas, causa ainda mais efeito de estufa que o carbono.
Ainda relacionado com este assunto, anuncia-se para breve a proibição da ópera bufa e a extinção dos buffet e dos estufados nos restaurantes.
A esta hora ainda se discutia no parlamento se a água que diversos ministros têm metido a toda a hora deveria ser considerada um benefício (ao evitar a seca) ou um prejuízo (ao aumentar o nível do mar). Espera-se uma conclusão na próxima década.

Mateus Bichoso, repórter horroroso