quinta-feira, 5 de outubro de 2006

O que os outros disseram (XXIII)

“Até podia ser campeão três anos seguidos, mas isso provavelmente seria prestar um mau serviço ao Benfica, pois nos anos seguintes íamos sofrer as consequências.”
(Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, no jantar de lançamento da candidatura à reeleição, 29-09-2006)

Consequências? Claro: aumento das receitas dos jogos e da publicidade, aumento do número de sócios, aumento das receitas da Liga dos Campeões e das transmissões televisivas, tudo isso seriam as consequências previsíveis de ser campeão 3 anos seguidos. Veja-se o Porto, que sendo campeão europeu arrecadou mais de 20 milhões de contos só em vendas de jogadores.
Mas é claro, um bom serviço é estar 10 anos sem ser campeão. Principalmente num clube cujo objectivo é ser campeão em todas as provas em que compete. Como é que ainda ninguém se tinha lembrado disso? Ou, citando Luís Óscar no jornal Record de 1 de Outubro, “como pode um clube que existe para ser campeão fazer do cumprimento do seu ideal um mau negócio?”

Kroniketas, sempre kontra as tretas