terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Parabéns, Ronaldo


Após a vitória (inteiramente merecida, diga-se) de Cristiano Ronaldo no prémio da FIFA para o melhor jogador do mundo no ano de 2008, há por aí uns tipos muitos contentes por causa de ele ser o segundo jogador português (o outro foi Figo) a ganhar este prémio meia-dúzia de anos depois de ter saído do clube deles.
O que me faz confusão é que eles só ganharam o prémio porque saíram de lá, porque se lá tivessem ficado provavelmente seriam apenas uns entre muitos…

Kroniketas, sempre kontra as tretas