quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Obrigado, Capitão


Após ter sido “vendido” várias vezes pelos jornais nas últimas épocas, desta vez Simão Sabrosa foi finalmente transferido pelo Benfica. Após 6 anos de águia ao peito, em que se alcandorou ao posto de “capitão” de equipa e foi sucessivamente o melhor goleador da equipatendo ainda sido eleito o melhor jogador do último campeonato, o ex-leão partiu para uma segunda experiência em Espanha.
Sendo sportinguista de origem, ainda assim Simão tornou-se, graças ao seu papel preponderante na equipa, um dos símbolos do clube e entrou para a galeria dos históricos, com mais de 200 jogos quase 100 golos marcados,
Os benfiquistas sentem-se mais pobres com a saída do número 20, que nestas 6 épocas andou muitas vezes com a equipa ao colo, assumindo um papel semelhante ao que, 10 anos atrás, tinha sido desempenhado por João Pinto. A ele se devem em boa parte os poucos sucessos alcançados pelo clube, com uma vitória na Taça de Portugal, um Campeonato Nacional e uma Supertaça.
Perante isto, na hora da despedida só nos resta dizer: obrigado, Capitão.

Kroniketas