segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Ambulância parada pela Brigada de Trânsito

Já só nos faltava esta. Os inúteis que é suposto às vezes regularem o trânsito, mas que são mais especialistas em estarem emboscados com radares em rectas que convidam a acelerar para conseguirem umas multazinhas e fazer a receita do dia, resolveram parar uma ambulância porque esta era particular e levava as luzes de emergência ligadas. Acontece que levava um doente em perigo de vida, com suspeita de enfarte do miocárdio.
Mas os muito eficientes agentes da BT fizeram o condutor soprar no balão duas vezes, fazendo perder um tempo precioso que acabou por custar a vida ao doente quando chegou ao hospital. Claro que agora vai ser feito um inquérito interno que há-de provar que os agentes agiram muito bem no cumprimento do dever... não fora ter provocado a morte dum doente em estado de emergência.
Agora a família pondera levar o caso a tribunal. É claro que o deve fazer. Façam-nos bater com os costados no banco dos réus para ver se aprendem que o facto de usarem uma farda não lhes dá direitos ilimitados.

Kroniketas, sempre kontra as tretas