domingo, 20 de junho de 2010

Os feriados e os deputados inúteis

O 25 de Abril pode-se festejar a 27, disse o imbecil do Ricardo Rodrigues, aquele troglodita do PS que roubou os gravadores aos jornalistas (cada vez mais o PS parece estar reduzido a um bando de “yes men” e atrasados mentais).

Pois eu digo: VÃO PARA A PUTA QUE OS PARIU! A começar pelo próprio Ricardo Rodrigues e pelas senhoras deputadas que parece não terem nada de útil com que se preocupar. Deve ser a única forma de alguém saber quem são, mas não a ouvi falar contra a ridícula tolerância de ponto concedida por ocasião da visita do Papa. Aí já não fez mal nem prejudicou a produtividade?

Kroniketas, sempre kontra as tretas